07 OUTUBRO 2015

TINTOS DA COLECÇÃO PRIVADA DOMINGOS SOARES FRANCO CHEGAM AO MERCADO

A JOSÉ MARIA DA FONSECA ACABA DE LANÇAR DOIS VINHOS TINTOS NA COLECÇÃO PRIVADA DOMINGOS SOARES FRANCO

A José Maria da Fonseca acaba de lançar dois vinhos tintos na Colecção Privada Domingos Soares Franco.

Os vinhos da Colecção Privada Domingos Soares Franco são vinhos que traduzem o espírito criador e a paixão de Domingos Soares Franco pela viticultura e enologia.
Domingos Soares Franco é o representante mais novo da sexta geração da família, que desde a fundação preside aos destinos da José Maria da Fonseca. Para além de Vice-Presidente, é o responsável da equipa de enologia. Embora assine todos os vinhos da José Maria da Fonseca, existem uns que reserva para si como especiais. Traduzem o seu espírito criador, a sua paixão por criar vinhos: são os vinhos da Colecção Privada Domingos Soares Franco.

Este ano apresentamos dois tintos: o Colecção Privada Touriga Francesa 2013, e ainda o Colecção Privada 157 Castas Tinto 2012.

No Colecção Privada Touriga Francesa 2013, Domingos Soares Franco decidiu juntar ao poder da fruta da Touriga Francesa, a elegância de uma casta única, como é o Moscatel Roxo. Destas duas castas, a primeira plantada em terrenos arenosos e a segunda em terrenos argilosos, resulta um vinho muito equilibrado, elegante e complexo. Apenas foram produzidas 7921 garrafas. Este vinho tem a particularidade de não ter estagiado em madeira, tendo sido a fermentação feita em cubas de inox, sem ser filtrado ou estabilizado pelo frio. Deve ser servido a uma temperatura de 14ºC e consumir a 16ºC, acompanhando pratos de caça, carnes vermelhas ou queijos de pasta mole.

Pela primeira vez, na vindima de 2010, decidiu-se vinificar as mais de 560 diferentes castas existentes na Colecção Ampelográfica plantada na Quinta de Camarate. Em 2012, Domingos Soares Franco decidiu voltar a lançar o “vinho do mundo” - das castas tintas seleccionaram-se 157, entre elas Colorino, Bogalhal e Khindony que deram origem ao Colecção Privada 157 Castas Tinto 2012, com uma produção de 1200 litros. Este vinho tem a originalidade de ser um dos vinhos produzidos a partir da maior diversidade de castas identificadas. Este vinho foi fermentado e pisado em lagar durante 7 dias a 28ºC com maceração total.


VER MAIS NOTÍCIAS   

content