04 FEVEREIRO 2019

MOSCATEL ROXO DE SETÚBAL SUPERIOR 1918 CONQUISTA PRÉMIO EXCELÊNCIA DO VINHO

22.ª EDIÇÃO DOS PRÉMIOS “MELHORES DO ANO” DA REVISTA DE VINHOS

Imagens José de Sousa Tintos O Moscatel Roxo de Setúbal Superior 1918 conquistou o Prémio Excelência – Melhores do Ano 2018, com 19.5 pontos, na Cerimónia de Entrega de Prémios da Revista de Vinhos, na passada sexta-feira, na Alfândega do Porto. Lançado no final do ano passado, este moscatel já tinha sido “altamente recomendado” por esta publicação, integrando agora o top 30 dos melhores vinhos nacionais.

As notas de prova atribuídas pela Revista de Vinhos revelam a riqueza e raridade deste moscatel: “Encantador no nariz, na incrível e inacreditável frescura, no ataque primoroso, na gordura do meio palato, na musculatura e energia no final da boca, na acidez pungente que o transporta para um desfecho esmagador. Emocionante!”

No final do ano passado, no âmbito da comemoração dos 184 anos da José Maria da Fonseca e dos 100 anos do nascimento de Fernando Soares Franco (membro da 5.ª geração da família), foram levadas a leilão 184 garrafas numeradas deste Moscatel Roxo de Setúbal Superior.

5 vinhos nos “Melhores do Ano”
Além do Moscatel Roxo de Setúbal Superior 1918, foram premiados nesta gala mais 4 vinhos da José Maria da Fonseca. Na categoria dos “Melhores do Ano”, foi incluída a JMF Aguardente Velha Reserva 1964, com 18 pontos, tendo sido a aguardente mais bem pontuada pela Revista durante todo o ano, e os tintos produzidos na Península de Setúbal Hexagon 2009, com 17.5 pontos, o Periquita Superyor 2015, também com 17.5 pontos e o Colecção Privada DSF Touriga Francesa 2013 com 17 pontos.


VER MAIS NOTÍCIAS   

content